Rastreador com seguro - veja as melhores opçoes do mercado de rastreador com seguro

Rastreador com Seguro: Veja as melhores opções do mercado de rastreador com seguro

Nos dias de hoje, ser proprietário de um veículo é muito mais do que um sonho, chega a ser necessidade. Normalmente precisamos batalhar muito pra comprarmos aquele tão sonhado automóvel que irá suprir nossa necessidade seja à trabalho, estudo ou até mesmo para coloca-lo à disposição de um parente que encontra-se enfermo.

Rastreador com seguro - veja as melhores opçoes do mercado de rastreador com seguro

Sabemos também que, todo e qualquer automóvel exige do condutor alguns cuidados no que se refere à segurança do mesmo, devido ao alto índice de roubos existentes em nossa proximidade.

O que poucos sabem é que, seguros com rastreadores vem crescendo a cada dia e oferece aos seus segurados uma série de vantagens para os condutores que não possuem um valor disponível para investir na segurança de seu patrimônio.

Nesse texto veremos um pouco sobre os rastreadores com seguro, bem como a vantagem que eles oferecem aos seus segurados e como eles funcionam.

 

O que é um rastreador com seguro?

O rastreador é um dispositivo instalado em seu veículo, seja ele carro, moto ou caminhão, que permite a localização do mesmo em caso de roubo ou furto. Os rastreadores trabalham com sistema tecnológico utilizando GPS, RFID ou sistema de Rádio Frequência.

Dependendo do tipo de rastreador que você instale no seu veículo, é possível acessar em tempo real onde o mesmo está localizado, facilitando assim, a recuperação dele.

 

Rastreador com seguro

Muitas empresas de seguro veicular oferecem para seus clientes a instalação de rastreadores por pequenos valores acrescidos na mensalidade ou, em alguns casos, até mesmo gratuitamente.

O rastreador com seguro tem feito com que mais clientes fizessem a aquisição pois é uma garantia a mais que o mesmo possui para seu veículo.

Nesse esquema de rastreador com seguro, continua valendo todas as clausulas anteriores ao seguro tradicional, caso não seja localizado seu veículo (caso o bandido descubra o rastreador e desligue o mesmo), a seguradora paga ao cliente o valor equivalente a 100% do mesmo na tabela FIPE.

 

Instalação do rastreador com seguro

Geralmente quando você faz a aquisição do seu seguro tradicional e a seguradora lhe oferece o rastreador, eles mesmos possuem técnicos especializados que farão toda a instalação para você sem custo algum.

No caso de rastreadores mais simples (alguns parecem até mesmo com um controle de abertura de portão automático, que é possível que você o esconda em qualquer lugar do veículo), a seguradora oferece a você um manual de instalação, onde você não gastará mais do que 15 minutos fazendo o processo.

 

Qual a diferença entre um seguro tradicional e um rastreador com seguro?

No seguro tradicional existe uma apólice, onde a cobertura é bem mais ampla. É sempre a melhor alternativa para o seu veículo, mas, por ter essa abrangência mais completa, o valor dele chega a ser muito alto, dependendo da marca e ano de fabricação de seu veículo.

Já o rastreador com seguro podem chegar até 80% do valor pago por um seguro convencional, porém o mesmo cobre apenas roubo e furto do veiculo. Outra desvantagem do rastreador com seguro é que, se seu veículo for encontrado sem motor ou com grandes avarias, a seguradora paga para você apenas 75% do valor do mesmo na tabela FIPE.

Dicas de como montar um cantinho de maquiagem

Você já passou por isso? Você começa a se arrumar para sair, mas o ambiente está meio bagunçado. O banheiro está ocupado, alguns deixam para tomar banho em cima da hora. É um desespero só, não é verdade?

Você precisa se maquiar, mas tem alguém tomando banho. Precisa passar o delineador, mas tem gente fazendo a barba. No final você acaba levando um tempo enorme para concluir sua maquiagem.

Para não passar por situações como esta, você pode arrumar um cantinho para maquiagem no seu próprio quarto. Isso evita que você suje a roupa na correria, passe maquiagem no corredor ou se atrase para sair.

Sem contar que com um lugar para suas maquiagens organizado, você encontra tudo facilmente e se maquia mais rápido.

Na verdade, não é preciso ter um ambiente apenas para isso. Você pode até aproveitar um cantinho próximo a sua cama, por exemplo, onde o criado mudo fica.

Desde que seja um cantinho confortável, onde você possa colocar uma mesa, penteadeira, cômoda ou uma bancada que ajude você a apoiar os utensílios de maquiagem de uso diário.

Uma dica importante é em relação à bancada. Seja penteadeira, escrivaninha ou cômoda o móvel escolhido, monte tudo num tom branco, pois a luz vai refletir no móvel e iluminar naturalmente seu rosto.

As vezes o problema não está na falta de espaço para ter um cantinho iluminado e com suas maquiagens, mas sim na organização, pois fazendo uma arrumação e eliminando coisas desnecessárias, sempre vai sobrar um cantinho para abrigar seus utensílios de maquiagem adquiridos em revista natura, avon, boticário ou outra qualquer.

Dicas para montar seu cantinho de beleza

  • Providencie uma bandeja bacana e espaçosa para abrigar seus utensílios de maquiagens. Tente combinar a bandeja com o móvel para dar um estilo especial na sua bancada.
  • Quanto maior o espelho melhor, mas é claro que devido as dimensões do seu cantinho as vezes não vai ser possível um espelho muito grande.
  • Se seu quarto for muito pequeno e você tiver dificuldade para arrumar um cantinho, use uma mesa pequena mesmo. Ponha ela ao lado de sua cama, deixando sobre ela o mínimo possível de acessórios e coloque o restante dos matérias numa gaveta.
  • Se arrumar um espaço para acomodar seu cantinho de maquiagem está difícil, considere usar prateleiras fixas na parede.
  • Se sua mesa for de madeira, você pode colocar um vidro na mesma medida para proteger o móvel de líquidos de maquiagem ou pó.
  • Caso você tenha muitos itens de maquiagem, consiga uma mesinha de apoio. Ajuda muito se você precisar usar vários itens de todo o seu material.
  • A luz é outro aspecto importante no seu cantinho. Uma iluminação branca vai facilitar a correção da maquiagem. Se não tiver tomada por perto para a luz, chame um eletricista para providenciar ou use uma extensão.

 

Além dessas dicas, você pode considerar investir em um puff, banquinho ou banqueta para que lhe ajudar no complemento do seu espaço. Tudo isso vai lhe ajudar a se vestir, experimentar as joias ou colocar seu calçado, e finalizar seu make com chave de ouro.

Você vai perceber que com um cantinho de maquiagem mesmo simples, mas com a sua cara, seus dias vão ficar bem mais fáceis.  Se você seguir nossas dicas e colocar a mão na massa, não vai ter dificuldade para conseguir seu cantinho.

Boa sorte!

churrascaria de sucesso

Conheça a história da Churrascaria Fogo de Chão

Churrascaria Fogo de Chão: sucesso internacional

A história da churrascaria fogo de chão você conhece? Ela é uma das maiores churrascarias do Brasil, e alguns anos depois ela ganhou o gosto dos Americanos, pois como os gaúchos se destacam no quesito churrasco rapidamente a churrascaria começou a se expandir.  Ela hoje é considerada uma das maiores redes de churrascaria, tanto do Brasil, quanto a nível internacional.

A história da Churrascaria fogo de chão

carne assando

A churrascaria se destaca pelo jeito gaúcho de fazer churrasco. O tradicional espeto corrido é famoso na região sul do Brasil, desde os anos 60, ele também é conhecido como rodizio de carnes que é uma forma de saborear todos os tipos de cortes disponíveis no estabelecimento.  Conheça também a Rei dos Eventos, referência em churrasco a domicílio.

As carnes são servidas no próprio espeto, e os clientes escolhem a parte que mais lhes agradar. A primeira churrascaria fogo de chão foi fundada por dois irmãos no Rio Grande do Sul em 1979, na época eles não imaginavam que a marca fogo de chão chegaria tão longe.

Atualmente a rede é formada por 30 estabelecimentos, sete deles no Brasil e os 23 restantes nos Estados Unidos.  Após ser aberta em Porto Alegre, a marca da churrascaria foi para São Paulo, na década de 80, com o objetivo de servir saladas no bufê e bons cortes, uma proposta que nunca se desviaria.

A marca obteve sucesso e consequentemente se tornou muito conhecida internacionalmente, porque recebia pessoas de todo o mundo. No final da década de 90, a Fogo de chão começou a criar um projeto de internacionalização. O projeto saiu do papel de forma acelerada e a pedido dos clientes americanos, a estreia da marca aconteceu em Dallas, Texas.

Entre os anos de 1997 e 2013, o pioneirismo da marca nos Estados Unidos continua. Em 2013 um pouco antes do natal, a marca abriu outro estabelecimento dessa vez com três andares com 1.486 metros quadrados em uma excelente localização de Nova York.

O projeto arquitetônico deste novo estabelecimento inclui uma incrível escultura em baixo-relevo de Antonio Caringi, de laçador, que é um monumento histórico de Porte Alegre, Brasil.

A equipe de culinária da churrascaria continua com a tradição de desenvolver criações de cardápios relacionados com a tradição brasileira que empurrou a experiência do churrasco brasileiro.

Ainda em 2013, novos pratos de marisco forma introduzidos no cardápio. No mesmo ano, o Bar Fogo foi instalado dentro do restaurante e oferece para os clientes pratos de inspirações brasileiras, vinhos e cocktails premiados.

investimento na bolsa esportiva

Como escolher um Bom curso Técnico para ter uma boa Profissão

Escolher o melhor curso para estudar pode ser um processo confuso. Considere as várias maneiras pelas quais os cursos podem diferir para decidir qual curso é mais adequado para você. Esta deve ser sua principal consideração quando se trata de escolher um provedor de educação.

Você pode restringir suas opções com uma pesquisa completa. Assim como você não selecionaria um assunto sem conhecer os prós e contras, o mesmo vale para selecionar um curso.

Aqui estão algumas coisas a considerar ao escolher o melhor curso para estudar.

1. Revise o esboço do curso

O mesmo curso pode ser ensinado diferentemente de uma instituição para outra. Revise o resumo do curso e preste muita atenção aos módulos principais, eletivas e se há ou não um componente prático de colocação.

Alguns programas de cursos podem dar a você mais espaço para concluir assuntos em sua área de interesse e realizar experiências práticas. O desenvolvimento profissional prático irá equipá-lo com o conhecimento atual do setor e incentivar o pensamento proativo.

2. Verifique o credenciamento do curso

Verifique se o curso é credenciado pelo órgão setorial relevante. Isso garantirá que, após a conclusão, você atenda a todos os requisitos de registro. Isso pode ser encontrado na seção de oportunidades de carreira do guia do curso.

3. Considere a reputação do curso

Conheça pessoas do setor para determinar quais cursos são mais conceituados em uma instituição específica. Isso será diferente entre os provedores de educação, dependendo dos cursos em que você está interessado. procurando algumas vagas do pronatec 2019 cursos , eu pude ver muitas oportunidades, porém é necessário saber como esta a reputação do curso mencionado.

4. Estude online ou no campus

Escolher o melhor curso para estudar envolve considerar o melhor estilo de aprendizado para você e seu estilo de vida atual. Você precisa de um horário de estudo flexível? Você mora muito longe do campus para se deslocar? Um formato cara-a-cara seria mais benéfico para você?

Se você optar por estudar no campus, considere os custos associados ao deslocamento diário ou se precisar encontrar acomodação se precisar se mudar.

5. fortes conexões industriais

O mercado de trabalho de pós-graduação pode ser difícil. É importante que o curso que você preferir ofereça aos alunos a oportunidade de realizar estágios profissionais durante os estudos. Alguns cursos, como enfermagem, incorporam colocações práticas como parte de suas exigências.

Outros cursos podem variar. Descubra se há oportunidades para o aprendizado integrado do trabalho como parte da estrutura do curso. Também pode ser valioso ter acesso a um forte programa de orientação ou de ex-alunos. Esses benefícios lhe darão uma vantagem competitiva quando você procurar uma posição de pós-graduação.

6. Experiência prática em colocação

Há uma série de benefícios do setor para estudar cursos do TAFE . No ambiente de trabalho moderno, o treinamento prático é o que conta. Um curso terciário lhe dará o conhecimento fundamental necessário para ter sucesso em um ofício ou ocupação.

Se você está considerando um aprendizado na pista, esse aspecto é importante. Um pré-aprendizadopode ser realizada em uma base de tempo integral ou parcial e é um fantástico trampolim para iniciar sua carreira no setor de comércio.

Um pré-aprendizado irá prepará-lo para o ambiente de trabalho, melhorar seu conjunto de habilidades fundamentais e preparar o caminho para uma carreira de longo prazo. Se você preferir uma abordagem prática à educação, essa é uma grande vantagem que pode fazer com que você obtenha uma colocação no setor mais adiante.

7. ‘Sinta’ da instituição

Definido para estudar um curso no campus? Participe de dias abertos e sessões informativas do corpo docente para explorar o instituto, converse com a equipe e tenha uma ideia de como é a vida no campus. Cada provedor de educação terá seu próprio sabor exclusivo. Você precisa escolher um curso em um instituto onde você possa se sentir confortável.

8. Percursos Financeiros

Se você está pensando em estudar através de um provedor de educação e formação aprovado, é importante entender as mudanças recentes feitas aos Empréstimos de Estudante VET . O novo Esquema de Empréstimos do Estudante VET introduz uma série de novas medidas destinadas a proteger os estudantes.

investimento na bolsa esportiva

Trade Esportivo: o que difere o trade na bolsa de valores

Trade Esportivo x Trade Acionário

Provavelmente você já ouviu falar sobre trade esportivo e bolsa de valores, mas o que eles têm em comum? Ambos são semelhantes, mas o que difere o trade na bolsa de valores é forma que cada um funciona.

Para você ter ideia o mercado financeiro oferece várias opções de investimentos que se adaptam as diversas necessidades e perfis. Neste cenário, existe o trade esportivo, que é um investidor do mercado esportivo. O trade tem se mostrado muito atraente e lucrativo quando é bem executado.

Ele se diferencia do trade da BM & FBOVESPA por conta do conhecimento e foco em cada área que exige. Quem lida apenas com esportes mantém a sua atividade direcionada apenas para as apostas, o trade precisa apenas ter conhecimento no mercado que está operando.

No entanto, nos dois casos é necessário ter dedicação e estudo para obter o máximo de informações possível sobre cada um dele. Observe abaixo o que difere o trade na bolsa de valores, começando pelo o seu perfil.

Como é o perfil de um trade esportivo

Para ter sucesso no mercado financeiro, o trader precisa ter algumas características básicas como ser disciplinado, buscar sempre conhecimento sobre a área, precisa também lidar com possíveis riscos e aprender com as perdas que podem acontecer.

Tanto o trade esportivo, quanto aquele que atua na bolsa deve ter a consciência que para ter sucesso, é necessário conhecer bem o mercado que está atuando para entender os seus conceitos e parâmetros.

Quanto mais domínio sobre o ramo de atuação, maiores são chances de elaborar uma estratégia de sucesso.

Qual é a semelhança ente o trade esportivo e o trade da bolsa

Mesmo sendo diferentes os dois mercados exigem que os seus investidores trabalhem com o máximo de conhecimento possível, para que possam realizar análises de possibilidades e tenham capacidade para se adaptar as circunstâncias do mercado que está envolvido.

No caso da bolsa BM&Bovespa, a sua regulamentação é feita através da Comissão de Valores Mobiliários(CVM).  No caso do trade esportivo não existe nenhuma normalização que relacione todas as normas gerais do mercado.

Já na BM&Bovespa existem normas, elas são para garantir a segurança e o direito de questionar através dos meios legais e seguros, quando acontecer algum fator de instabilidade.

No caso do trade não existe uma base de segurança e normas definidas, o que deixa o investidor com mais liberdade para atuar de acordo com andamento do mercado.

Mesmo sendo dois mercados de investimento o que difere o trade na bolsa de valores é a forma que ele atua, pois ele tem mais liberdade em relação à bolsa BM&FBovespa que existe normas que devem ser cumpridas para garantir a segurança.

Qual dos mercados traz mais resultados positivos?

pessoa estudando trade esportivo

Os dois mercados de investimentos podem trazer resultados positivos para o seu investidor. Desde que ele consiga elaborar estratégias eficientes para cada necessidade. Conheça aqui um curso de trading esportivo.

No entanto, só vai obter sucesso o investidor que melhor se adaptar ao mercado e as dificuldades de onde está inserido. Portanto, é recomendado sempre buscar técnicas e ferramentas que sejam eficazes.

Porém, apenas isso não é suficiente também é necessário que o investidor adote um pensamento focado em resultados em longo prazo, tanto no trade esportivo quanto no trade da bolsa de valores.

O trade esportivo é um investimento assim como a bolsa de valores, no entanto, cada um deles possui uma maneira diferente de atuar no mercado. Por este motivo é importante estudar o mercado financeiro de cada um para que possa traçar estratégias adequadas para obter resultado.

Ginkgo biloba combate a impotência?

O que é a Ginkgo biloba?

A Ginkgo biloba é uma erva que já era conhecida e muito usada pela medicina ancestral chinesa, e que hoje em dia tem várias aplicações na fitoterapia moderna. Por ser uma planta rica em flavonoides e terpenoides, tem uma forte ação anti-inflamatória e antioxidante no organismo humano. Consumida no formato de extrato seco, muito facilmente encontrada nas farmácias em formato de comprimidos de 80 ou 120 mg, a Ginkgo biloba ocasiona uma série de benefícios para o corpo, contribuindo para sua saúde.

A ação da Ginkgo biloba produz resultados especialmente no sistema circulatório, com melhora do fluxo sanguínea arterial, cerebral e periférico. Sendo assim, a erva contribui para a saúde da mente, dos olhos, do coração etc. Mas como se dá essa ação exatamente?

Por meio da promoção de vasodilatação, redução da viscosidade do sangue e eliminação de radicais livres de oxigênio nos tecidos do sistema nervoso, a Ginkgo biloba logra um aumento do fluxo sanguíneo no cérebro. É por isso que a erva é muito usada no combate a condições como demência, doenças mentais e distúrbios no sistema nervoso central como um todo. Além de beneficiar o metabolismo neuronal, a erva, por conta de sua rica concentração de flavonoides, tem forte ação neuroprotetora.

 

Para que serve?

A Ginkgo biloba tem tido várias aplicações no combate de diversas tipos de doenças e condições, algumas das quais já mencionadas no tópico anterior. Além de ser usada na fitoterapia como um fármaco para o tratamento de enfermidades, o consumo regular de Ginkgo biloba também pode trazer vantagens e benefícios para a saúde do corpo, prevenindo uma série de distúrbios e síndromes.

As principais aplicações da Ginkgo biloba têm sido para aplacar sintomas de distúrbios no sistema nervoso central, no sistema vascular periférico e no sistema neurosensorial. A planta pode ajudar a combater manifestações dessas doenças como tonturas, zumbidos, cefaleia, fadiga, memória prejudicada, atenção e concentração deficitárias, claudicação intermitente, cãibras noturnas, vertigens, asma, entre outras.

Além dessas aplicações, a Ginkgo biloba também pode ser usada na prevenção e na melhora de diversas condições, com efeitos fitoterápicos benéficos para a saúde do organismo. Por exemplo, podemos mencionar que a erva promove melhora na higidez dos olhos, na pressão arterial, no batimento e ritmo cardíacos, nas funções cognitivas, na memória, na concentração, na atenção etc.

 

Como usar? Contraindicações

A posologia da Ginkgo biloba deve seguir as diretrizes médicas e as informações presentes na bula. Como dito, o consumo dessa erva geralmente é feito através de comprimidos de extrato seco, com 80 ou 120 mg de concentração por comprimido. A dose varia de caso a caso, mas fica, em geral, na casa de 2 a 3 doses diárias de um comprimido. Os níveis de flavonoides, idealmente, devem estar entre 26,4 e 64,8 mg de flavonoides e entre 6 e 16,8 mg de terpenoides.

Nem todo mundo pode usar a Ginkgo biloba. Há contraindicações do uso da erva para quem tem histórico de coagulopatia, de hipersensibilidade ou de alergia/intolerância a qualquer um dos componentes da fórmula do medicamento. O remédio também não é indicado para mulheres grávidas. Em todos esses casos, a atenção médica é necessária antes do uso da Ginkgo biloba.

Há possibilidade de interação medicamentosa negativa com o uso da erva. Para quem faz uso de medicamentos anticoagulantes, antiplaquetários, anti-inflamatórios não esteroidais ou agentes trombolíticos, a Ginkgo biloba é contraindicada. A mesma coisa para pacientes que consomem anticonvulsivantes, omeprazol, insulina, trazodona, papaverina entre outros.

Relatos indicam algumas reações adversas que podem acontecer com a ingestão da planta. Há a possibilidade de ocorrerem distúrbios gastrointestinais, cefaleia, reações alérgicas cutâneas (como edema, hiperemia, prurido etc.), enjoos, palpitações, hipotensão e alguns tipos de hemorragia.

 

E combate a impotência?

Além de desempenhar todas essas funções descritas acima, a Ginkgo biloba atua ainda como um estimulante sexual natural. Estudos indicam que a erva está diretamente relacionada ao combate da disfunção erétil no homem e da frigidez na mulher, além de atacar também as causas e os principais efeitos colaterais das impotências masculina e feminina.

Outras pesquisas indicam, ainda, que a Ginkgo biloba tem eficácia no tratamento de baixos níveis de testosterona. Além de melhorar a circulação sanguínea no organismo, inclusive da região genital (tanto para o pênis quanto para o clitóris), a erva também auxilia a acetilcolina a se ligar aos receptores, o que melhora os níveis de testosterona do corpo.

Também há estudos vinculando a regulação dos níveis de óxido nítrico, efeito comprovado da Ginkgo biloba, à ereções que duram por mais tempo, contribuindo em mais uma frente para o combate da impotência e a melhora da performance sexual. Contudo, para poder sentir os efeitos da ação dessa erva com mais intensidade e com diferenças duradouras no longo prazo, é preciso tomá-la de forma constante e diária, conforme orientação médica e orientação na bula.

homem estudando negócios

Como ter uma ideia de negócio lucrativo

Confira estas dicas sobre como ter uma ideia de negócio lucrativo

Os empreendedores não sobrevivem sem ideias. O universo do empreendedorismo exige uma mentalidade criativa. Não apenas uma ideia de negócio qualquer, a busca constante do empreendedor é a lucratividade que a mesma pode lhe oferecer.

Confira aqui mais conteúdos sobre ideias de negócios lucrativas!

Um dos grandes problemas da abertura de novos negócios é a falta de avaliação prévia. O investimento em ideias aleatórias é o grande erro do empreendedor. Pode não existir uma “fórmula secreta” para uma ideia lucrativa, mas há alguns meios de descobrir se vale a pena investir em um conceito, ou se é preciso estruturar e amadurecer antes de aplicar grandes quantias de dinheiro no negócio.

mulher estudando negócios

Uma forma prática e simples de avaliar se um conceito é bom é aplicando o método PHD. Avaliar a Paixão, Habilidade e Dinheiro, é primordial para medir a qualidade da ideia. Após essa avaliação é preciso responder a 10 perguntas simples. São elas:

  1. Qual será o mercado/público que deseja atingir?

O primeiro passo para estruturar um negócio é saber para quem deseja destinar o produto/serviço. Compreender o mercado e público alvo é primordial para obter sucesso no investimento. Para uma ideia ser boa ela precisa ter direção, pois não é possível criar um negócio sem saber quem realmente pretende atingir.

  1. O público realmente precisa do seu produto ou serviço?

Compreender se o público alvo está saturado do produto ou serviço que deseja oferecer é essencial. Não apenas medir a aceitação do público em relação a ideia, mas compreender se ela é realmente inovadora ajudará a perceber se vale mesmo a pena investir.

  1. Por que as pessoas ou empresas comprarão o seu produto ou contratarão o seu serviço?

Se o produto ou serviço for uma vertente reformada de algo já existente é importante entender se haverá aceitação ou rejeição do público. Essa medição ajudará a entender se a ideia é inovadora o suficiente.

  1. O seu produto ou serviço será valorizado e percebido de maneira diferenciada?

Para implementar uma ideia é preciso que haja uma inovação real. Oferecer um produto ou serviço que já existe no mercado com modificações minúsculas, que não causam grandes impactos é um dos maiores erros dos empreendedores.

  1. Quem são os seus concorrentes?

Entender com quem irá competir no mercado é essencial para os empreendedores. Antes de implantar qualquer ideia é preciso conhecer e entender a metodologia de quem já está no mercado.

  1. Quais são os seus riscos?

Compreender os riscos do investimento é primordial. Para isso é preciso analisar o risco tecnológico, regulatório e de execução, evitando possíveis contratempos futuros.

  1. Submeta sua ideia ao crivo do tempo.

Para medir se uma ideia é realmente boa é preciso submete-la ao crivo temporal. Para isso, é necessário avaliar sua viabilidade no curto, médio e longo prazo, medindo os riscos.

  1. O seu negócio é escalável?

Para saber se uma ideia é realmente boa é preciso avaliar se ela é facilmente replicável e tem alto potencial de crescimento. Esse tipo de análise é primordial para medir se vale a pena investir na ideia ou se é preciso estruturá-la melhor.

  1. A sua ideia realmente será percebida como algo de valor pelo mercado?

Saber se a ideia será bem recebida pelo mercado ou se durará apenas enquanto é novidade ajudará a mensurar a grandiosidade e potencial da mesma. Desse modo, é possível avaliar se é preciso realizar algum tipo de mudança estrutural.

  1. Esse negócio estará alinhado aos seus valores internos?

A realização pessoa na execução de uma ideia é primordial para o sucesso do negócio, por isso, é necessário avaliar se os seus valores internos estão presentes na composição da ideia.

Agora que você já respondeu às perguntas é só colocar a sua ideia em prática. Boa sorte!

7 dicas para economizar bateria no seu Samsung

Passamos o dia conectado com nossos amigos, familiares e todo tipo de conteúdo incrível. Mas, para estar conectado com o mundo, precisamos que nosso smartphone atenda às nossas necessidades e, acima de tudo, esteja sempre operacional. Portanto, vamos dar algumas dicas que ajudarão você a aproveitar ao máximo a bateria do seu smartphone. Além disso, uma dica de assistência técnica para seu Samsung.


1. Brilho da tela

É uma das opções que mais bateria consome. Recomendamos diminuir o brilho da tela, pois às vezes o “brilho automático” geralmente é otimizado em um nível de brilho alto e desnecessário. Aumente o brilho quando precisar ler textos longos, mostrar fotos ou em condições de baixa luminosidade.

2. Descubra com que você gasta sua bateria

Existem aplicativos que gastam muita bateria. Um bom exemplo são os gerentes de redes sociais como o Facebook ou o Twitter e também os aplicativos para ouvir rádio. Fornecemos a seguinte rota para descobrir quais aplicativos são os que gastam mais bateria:

Configurações -> Gerenciamento de bateria> Uso da bateria

 

3. Ative o modo de economia de energia

Os modelos Android têm várias pré-configurações com o modo de economia de energia. Além da possibilidade de escolher quais aplicativos você quer economizar energia, você também tem, nos modelos mais recentes, a opção de carregar seu smartphone em alta velocidade graças à opção “Carregamento rápido com cabo”.

 

4. Auarde para carregar a bateria até que ela acabe?

Não espere que a bateria do seu telefone esteja completamente descarregada, toda vez que um smartphone ficar com 0% da bateria, ele cumpre um “ciclo de vida” (as baterias têm um número limitado de ciclos de vida), evitando assim baixar completamente. Recomendamos que você o carregue quando estiver entre 15% e 30% da bateria.

 

IMPORTANTE: Use o carregador oficial do seu telefone. Não use cabos USB para carregar o telefone, pois eles não têm energia suficiente. Se você precisar carregar a bateria do seu smartphone em tempo recorde onde quer que esteja, use o Power Bank da Samsung 5.100.

Se você está na companhia de amigos e não quer brigas para ver quem o carrega antes, a carga multi-superfície sem fio da Samsung Tray vai chegar até você, porque você pode carregar até três dispositivos de uma só vez. Você só tem que deixá-los na sua superfície e eles serão cobrados automaticamente.

 

5. Você precisa de tantas notificações?

É realmente necessário saber a cada minuto se temos alguma notificação? Isto não só causas consomem mais energia da bateria, porque muitas vezes quando você tem uma notificação não só ilumina a tela, mas também significa aumento do consumo de dados e aumento do estresse.

Configure e reduza as atualizações automáticas de seus aplicativos e selecione-os manualmente. Lembre-se que quando você está conectado com o Wi-Fi e não tem acesso a ele, seu smartphone ainda está procurando um lugar para se conectar e gastar bateria. Nossa recomendação é desligar o Wi-Fi até que você possa se conectar novamente.

Tenha cuidado! Porque o mesmo acontece quando você ativa seu GPS.

6. Use o bloqueio de tela

Os novos smartphones permitem que você personalize a tela de bloqueio, para que você possa aproveitar os widgets que permitem que você veja as informações necessárias sem desbloquear o telefone.

 

7. Mude para o lado negro

Os smartphones com telas AMOLED consomem menos quando exibem pixels pretos. Portanto, recomendamos que você use um fundo de tela preto, também em seus aplicativos. Por exemplo, no Twitter, a opção de modo noturno já existe e é realmente fácil ativá-lo.

Selecione o ícone da foto do seu perfil, à esquerda do botão Iniciar, selecione o modo noturno.

 

DICA Extra!!

Caso queira trocar a bateria do seu celular Samsung, NUNCA use uma bateria paralela (não origina), isso pode danificar seu aparelho. Procure uma assistência técnica Samsung ou autorizada que represente a Samsung, eles vão ter bateria originais, o que vai garantir uma troca segura e que não vai prejudicar seu aparelho.

Saiba mais sobre assistência técnica e autorizadas Samsung aqui.

 

Seguro DPVAT - saiba como pagar o seguro DPVAT

Seguro DPVAT: saiba como pagar o seguro DPVAT

Já pensou ser multado com sete pontos na carteira porque não sabia como pagar o seguro DPVAT?

O seguro DPVAT (Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre) é obrigatório e deve ser pago no mesmo dia do IPVA ou, em caso de isenção desse imposto, junto ao licenciamento ou emplacamento do veículo.

Se não pagar o DPVAT, o proprietário do automóvel não poderá realizar o licenciamento e estará sujeito a multa: perde sete pontos na carteira e ainda pode ter o veículo apreendido.

Seguro DPVAT - saiba como pagar o seguro DPVAT

Para evitar essa dor de cabeça, aprenda a manter o seguro DPVAT em dia neste artigo. Confira!

 

  • O que é DPVAT?

 

    1. Desde 1974, o DPVAT vem atuando no cenário automobilístico como um seguro social indenizatório às vítimas de acidentes de trânsito.
    2. Seja motorista, passageiro ou pedestre, o seguro DPVAT garante o reembolso de despesas médicas e suplementares, invalidez permanente e morte, em caso de acidentes com veículos automotores e dentro do território nacional.
    3. Outro ponto importante é que a indenização não depende da apuração de culpa do acidente, uma vez que o seguro DPVAT cobre danos físicos provocados por todos os acidentes de carro com motor próprio (carro de passeio, ônibus, caminhões, motos, ciclomotores, lotação com cobrança de frete).

 

  • Como pagar o seguro DPVAT?

 

    1. O seguro DPVAT precisa ser pago todos os anos junto ao IPVA. Caso o veículo seja isento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores, o pagamento do DPVAT ocorrerá sempre no dia do licenciamento ou emplacamento do carro.

 

Pagar o DPVAT é muito fácil, veja só!

 

  • Vá até o site da Seguradora Líder (administradora do seguro);
  • Clique no seu Estado no mapa;
  • Verifique em qual situação está seu veículo.

É importante ficar atento aos bancos que aceitam o pagamento do DPVAT, pois alguns dependem da situação em que se enquadra seu veículo (isentos de IPVA, usados e novos).

Por exemplo, se você mora no Rio de Janeiro e vai pagar o seguro de um veículo usado, terá apenas os bancos CAIXA/CEF, Itaú, Bradesco, Santander e Banco do Brasil para realizar o procedimento.

 

  • O que acontece se não pagar o seguro DPVAT?

 

Pagar o seguro DPVAT significa não ter dor de cabeça no futuro, isso porque, o proprietário que não paga terá que arcar com todas as despesas sozinho, em caso de acidente.

 

Apesar de não haver cobrança de multa pelo não cumprimento da Lei nº 11.482/07 (que se refere ao DPVAT), quem não pagar o seguro fica impedido de receber o licenciamento.

 

Sem esse documento (Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo/CRLV), o carro que for parado numa blitz receberá multa por infração grave: perderá sete pontos na carteira, sob o risco de ter o carro apreendido.

 

Portanto, melhor prevenir do que remediar, não é mesmo? O dono do veículo pode até deixar de pagar o DPVAT, mas o risco de perdê-lo numa blitz por falta de licenciamento ou ter que arcar com todas as despesas em um eventual acidente podem ser fortes motivos para manter o seguro em dia.

Se este artigo conseguiu sanar suas dúvidas sobre como pagar o seguro DPVAT, aproveite e compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas tenham conhecimento sobre este assunto.

5 Sinais de que Você Pode ser Demitido

Nem sempre é óbvio quando seu empregador vai se livrar de você. Claro, se você for pego roubando ou perdendo alguns dias de trabalho sem explicação, isso pode ser esperado – mas em outros casos surge aparentemente do nada.

Ainda assim, em muitos casos, há sinais de que você pode estar com os dias contados na empresa. Nenhum é infalível, e nenhum sinal – ou mesmo todos os três – definitivamente significa que você está no caminho certo. Mas em muitas situações, algumas ou todas essas três coisas acontecem quando seu chefe se prepara para te demitir

Seu chefe possa estar te preparando para falhar

Às vezes sua empresa decidiu se livrar de você, mas não tem nenhum motivo real para demiti-lo. Nesses casos, a empresa pode configurá-lo para o fracasso. Isso pode significar atribuir mais trabalho do que você poderia realizar razoavelmente ou estabelecer metas que são impossíveis de alcançar.

Você perde recursos e responsabilidades

Se seus projetos perderem de repente acesso a dinheiro, ajuda e outros recursos, isso pode ser motivo de preocupação. Olhe ao redor para ver se é um aperto de cinto geral ou se você está sendo destacado. Você também deve se preocupar se algumas de suas responsabilidades mais importantes forem transferidas para outra pessoa.

Advertências

Em algumas empresas, demitir alguém exige que um processo seja seguido. Isso pode exigir uma advertência verbal ou duas, às vezes seguida por uma advertência por escrito formal. Às vezes, um chefe pode minimizar esse processo, chamando-o de tecnicismo e dizendo para você não se preocupar. Na realidade, isso poderia ser uma tentativa de fazer a bola rolar ao removê-lo sem alarmar você demais.

Você não está mais nas reuniões

Se você não for mais convidado para reuniões que antes eram rotineiras sem nenhuma explicação, isso é motivo de preocupação. Em alguns casos, pode ser mais sutil: talvez seu chefe tenha parado de copiar você em e-mails ou talvez tenha parado de entrar no seu espaço de trabalho para conversar sobre as coisas.

O que fazer se perceber algum destes sinais?

Se você suspeitar que vai ser demitido, certifique-se de evitar entrar em uma armadilha. Certifique-se de que seu desempenho no trabalho é impecável. Se isso não for possível porque o trabalho foi desviado de você, é melhor abordar a situação com seu chefe ou empregador.

É possível que isso acelere a entrega das más notícias, mas também pode dar a chance de corrigir a situação. Aborde suas preocupações com as pessoas apropriadas e, se elas oferecerem um plano plausível para manter seu trabalho, faça isso.

Se, no entanto, eles ignorarem os pedidos de uma reunião ou não acalmarem seus medos de maneira convincente, talvez seja hora de juntar seu currículo. Pode valer a pena colocar a sua suspeita de que eles podem estar olhando para se livrar de você ao ar livre para que você possa negociar uma separação mútua, em vez de ter um disparo em seu registro.

 

Caso você não consiga contornar a situação da demissão, e a demissão acabe acontecendo, tente ficar calmo. Agir na raiva, ou com sangue quente não é uma boa ideia. O melhor é sair sem brigas, afinal, essas coisas acontecem todos os dias. É necessário ter calma, e seguir em frente.

Agora você precisa fazer o agendamento seguro desemprego, para começar a receber o benefício o quanto antes. Assim, você já pode ir em busca de um novo emprego com mais calma.