3 Dicas para tirar o seu nome do SPC

É muito comum que, por vários fatores, as pessoas se endividem e acabam com o nome no SPC ou no Serasa. Porém, ninguém gosta de estar nessa situação, afinal, com o nome nessas instituições, isso significa que você não conseguirá mais crédito no mercado e é considerado um mau pagador. Porém, se você é um dos milhares de brasileiros que deseja limpar o nome, fique por aqui, pois, nós separamos algumas dicas de como você tirar seu nome do Serasa e do SPC e conseguir recuperar o crédito.

Calcule sua real situação financeira

Antes de você sair por aí fazendo acordo com as empresas que você está devendo, você precisa calcular e ter ciência da sua real situação financeira. Veja quanto de dinheiro você tem disponível por mês, assim, você consegue negociar as dívidas de acordo com o valor que conseguirá pagar mensalmente.

Negocia com o credor

A maneira mais indicada de você limpar seu nome é pagando as empresas que você está devendo. Para conseguir o melhor acordo, entre em contato com cada empresa e negocie seus débitos. Veja se consegue parcelamento, ou desconto para pagamento a vista. Lembre-se de insistir em desconto e em valores que você possa pagar, a maioria das empresas não espera que você pague sua dívida, então, conseguem fazer boas condições para que você quite seus débitos.

Feirão Limpa Nome

A empresa Serasa Experian realiza algumas vezes no ano os chamados “Feirão Limpa Nome”. Nesse período, eles reúnem várias empresas do mercado que possuem muitos clientes inadimplentes. Nesses feirões, as empresas costumam oferecer grandes descontos e facilitam o pagamento, para que você consiga quitar suas dívidas. Fique atento, pois, é uma ótima oportunidade de conseguir condições especiais.

O Feirão Limpa Nome geralmente acontece próximo ao Natal, quando as pessoas buscam crédito para comprar presentes.

Máquina de cartão: como encontrar a melhor opção para o seu negócio

Possuir uma máquina de cartão é oferecer mais de uma possibilidade de pagamento para os seus clientes. E, na modernidade, a circulação do dinheiro em papel tende a diminuir cada dia mais.

Os motivos para adotar cartão de crédito são inúmeros, eles incluem desde segurança até a praticidade. Assim, é imprescindível que seu negócio disponibilize os cartões de crédito e de débito como forma de pagamento para alavancar as vendas.

Neste artigo vamos ajudar você a escolher a melhor maquininha de cartões para o seu tipo de empreendimento. Então, acompanhe o post e entre na era dos pagamentos online.

Máquina de cartão: melhores marcas do mercado

Cielo, Mercado Pago e Moderninha são marcas de máquina de cartão que tem conquistado os estabelecimentos comerciais em todo o país. Pois, elas oferecem condições e taxas de juros atrativas.

Confira abaixo mais informações sobre cada uma delas e opte pela melhor para o seu negócio:

Máquina de cartão: Cielo

Essa máquina de cartão opera a partir de um valor mensal. É como se você alugasse a maquineta. As principais opções oferecidas são o uso via mobile e fixo.

Ela aceita mais de 20 bandeiras de cartões de crédito e o dinheiro cai direto na sua conta.

As taxas por transação variam de 3% a 4 %, a depender do número de parcelas no qual a compra foi feita.

Máquina de cartão: Mercado Pago

A máquina de cartão do Mercado Pago oferece opções de serviço em 7 países da América Latina. Para utilizá-la você paga somente um valor pelo aparelho, assim, não há mensalidades.

As taxas variam entre 2% e 3,4 % a depender do tipo de transação.

Máquina de cartão: Moderninha

A máquina de cartão Moderninha também não cobra por mensalidade. Você compra o aparelho definitivamente. Seu diferencial é o leitor de crédito para celular, o que garante sua mobilidade e praticidade.

As taxas variam entre 2,19% e 4,39% por compra.

Solicitar Cartão de crédito: Veja formas de solicitar cartão de crédito online

A burocracia e a demora, muitas vezes exagerada, dos bancos físicos sempre incomodou os clientes. Essa realidade ficou cada vez menos necessária.

Diversos serviços bancários já podem ser feitos de forma online e através do Internet Banking. Pagar faturas, consultar extratos, realizar transferências e, inclusive, solicitar cartão de crédito.

Esses serviços caíram no gosto de diversos perfis pela praticidade, agilidade e por serem feitos de qualquer lugar, com a única condição de ter acesso à internet.

Solicitar cartão de crédito online

Existem algumas formas para solicitar cartão de crédito online. Uma dessas formas é a solicitação diretamente pelo site da instituição que oferece o cartão desejado. A outra forma também muito utilizada é através de sites especializados, onde pode realizar a simulação de diversos cartões de parceiros daquela página, escolher o que mais lhe agrada e então solicitar cartão de crédito.

Para pessoas que temem enviar seus dados para sites não oficiais a melhor forma para solicitar cartão de crédito é diretamente pelo site da instituição.

Independente da forma escolhida, solicitar cartão de crédito virou uma atividade fácil e prática, e que pode ser feita de qualquer aparelho com acesso à internet num tempo médio de 10 minutos.

Para solicitar cartão de crédito de forma online, basta responder um breve questionário com informações pessoais, de residência e renda. Caso a instituição aceite o seu perfil e os seus dados, o seu cartão será enviado diretamente para o endereço informado, sendo necessário apenas desbloquear o cartão para começar a usar.

Além de solicitar cartão de crédito online das agências bancárias, lojas e financeiras físicas que já fazem parte do nosso dia a dia, a internet também permite a solicitação de cartões e contas bancárias dos bancos digitais. Esse tipo de banco funciona da mesma forma que os bancos físicos, porém, frequentemente oferecem taxas mais competitivas e algumas vantagens.

Independente da forma que escolher, lembre-se de sempre verificar a segurança do site e a procedência da empresa. A procedência das empresas pode ser verificada em diversas páginas que relatam reclamações e problemas de clientes. Esses passos são importantes para que a praticidade não se transforme numa dor de cabeça.

Contratar internet: Veja como contratar internet Online

A internet é cada vez mais, uma necessidade na vida das pessoas. Isso ocorre por causa do grande crescimento tecnológico nos últimos anos, fazendo com que as pessoas sintam a necessidade de estar conectadas e ficar por dentro de tudo que acontece em sua volta e no mundo.

A internet traz vários benefícios para nossas vidas, facilita o aprendizado, nos traz informação e comodidade, afinal é possível fazer quase tudo hoje em dia, com apenas um celular com acesso à internet nas mãos.

Para aproveitar todos os benefícios que a internet proporciona, é necessário também saber como contratar internet online, e assim obter um serviço de qualidade.

A princípio, o que se deve fazer é pesquisar sobre quais serviços estão disponíveis no mercado atualmente, depois avaliar sobre as suas necessidades e o seu perfil familiar. Analise se precisa de planos com uma internet com mais velocidade, ou se o seu uso não será tão necessário assim. Outra atenção é para o orçamento familiar, saiba quais são os serviços que atendem as suas necessidades, mas estão dentro do seu orçamento financeiro. Avaliar tudo isso é importante, para que você contrate internet online ideal para o seu perfil de consumo.

As empresas que oferecem internet online são várias. Há opções de contratação apenas de internet ou você pode optar pelos combos (internet+telefone+tv), que de uma forma geral parecem mais em conta, se o que você deseja também é economizar.

Ao encontrar planos que agradam a você e sua família, e que estejam dentro da sua realidade orçamentária, avalie as operadoras também. Veja qual tipo de conexão é ideal para sua região, se o plano escolhido tem limite de velocidade, se há cobrança para determinado serviço extra, enfim, se atente aos detalhes. Sobre a reputação da empresa, nem se fala, verifique tudo, saiba se a mesma cumpre o suporte prometido e se é realmente confiável, antes de contratar internet.

sushi e suas variedades

Conheça um pouco da história do Sushi

Não é de hoje que a culinária japonesa faz muito sucesso, mas nem todo mundo que ama a comida conhece a história dela. A história do sushi se deu por volta do século IV a. C, quando um problema precisava ser resolvido, a conservação do peixe cru.

Além do sushi tradicional que a maioria de nós conhece, também existem outros tipos que foram ficando famosos ao longo do tempo.

Sua origem

Grande parte dos alimentos que compõem a cozinha japonesa vem do mar, são peixes, algas, e frutos do mar, os alimentos que mais estão presentes na culinária do país. Como o Japão é um país de terras muito montanhosas, é difícil o desenvolvimento da agricultura por lá, onde só se vê o arroz como alta produção de pequenas áreas.

A história do sushi se deu quanto no antigo Japão, os peixes precisavam ser transportados para outros lugares, sendo assim, eles eram conservados no arroz cozido. O arroz libera ácido acético e lático, o que garante uma durabilidade maior, e os japoneses sabiam disso. Dessa forma as vísceras e a cabeça dos peixes eram tiradas, e o filé salgado e conservado entre várias camadas de arroz.

Nesse tempo o peixe fermentava e ganhava um sabor ácido. Essa técnica ficou bastante usada por pescadores que ficavam no mar por muito tempo e dessa forma surgiu o sushi prensado. Com o tempo essa técnica de conservação do peixe se transformou no prato que conhecemos hoje. O sabor ácido da fermentação virou o vinagre, e o peixe com arroz e vinagre ainda se juntou ao shoyu, e ganhou ainda mais sabor.

como surgiu o sushi

Outros tipos de sushi

Já no século XV, outros tipos de sushis foram criados. O Nama Narezushi, basicamente tinha a mesma história do sushi, só que com um período de fermentação menor. Dessa forma já era possível consumir tanto o arroz, quanto o peixe junto. Que também ficou conhecido como o primeiro sushi moderno.

O vinagre foi introduzido no preparo do arroz só no século XVII, em Tóquio (quando ainda era Edo)., por um médico chamado Matshumoto Yoshiichi. Essa mistura diminuiu o tempo de preparo do sushi para apenas 1 dia e como a fartura de pescados no país sempre foi muito grande, o peixe passou a ser consumido fresco e cru. Esse tipo de prato levou o nome de Hayazushi.

Também no mesmo século, foi criada o Oshizushi, também conhecido como estilo Kansai, onde o arroz e o peixe cru eram colocados em uma caixa de madeira, com um peso em cima, para que fossem de certa forma amassados. Depois eram cortados em pedaços retangulares.

O primeiro sushiman da história do sushi, criou o sushi mais popular, o Nigirizushi, que era um bolinho de arroz, com uma fatia de peixe e podia ser comido de forma imediata. O tamanho deles eram quase o dobro dos Nigiris de hoje.

O Inarizushi, o Chirashizushi e o Makizushi (sushi enrolado), também ficaram populares com uma grande inovação onde a técnica usava apenas a força das mãos para prensar o arroz. Na história do sushi, estes últimos eram os que podiam ser consumidos com as mãos, sem a ajuda do hashi.

Atualmente

No século XX, a história do sushi é bem diferente. Com a globalização o para se espalhou pelo mundo todo. Além do saber delicioso, a preocupação do homem era de ter uma alimentação saudável, foi então que o tipo Kawarizushi foi criado nos Estados Unidos, mais conhecido como California Roll.

No Brasil o que mais começou a fazer sucesso foram as temakerias no século XXI. Aém do temaki tradicional muito apreciado pelos brasileiros, o hot filadelfia passou a ser um dos pratos mais pedidos no país.